MBTI

“A lógica leva-te de A a B, a imaginação leva-te a todo o lado”

 Albert Einstein



O MBTI – Myers-Briggs Type Indicator é um instrumento de avaliação psicológica, desenvolvido nos EUA por Katharine Briggs e Isabel Briggs Myers, fundamentado na teoria dos tipos psicológicos de Carl Jung, que permite enquadrar a população dita normal num de 16 tipos psicológicos diferentes. O MBTI mede as preferências de cada pessoa em relação a 4 instâncias complementares1 que regulam a sua actividade interna e externa, a saber:

  • O modo como dirigem a sua atenção e se energizam – (Extraversion) ou I (Introversion)
  • O tipo de informação que preferem e mobilizam mais frequentemente – S (Sensing - utilização dos 5 sentidos) ou N (iNtuition).
  • O modo como preferem processar informação e tomar decisões – T (Thinking) ou F (Feeling).
  • O estilo de vida que preferem levar – (Judging) ou P (Perceiving).


Nos 16 tipos psicológicos considerados pelo MBTI, é realçado como cada tipo prefere agir nas instâncias mencionadas, não existindo a conotação de certo ou errado nas preferências.

Com mais de 50 anos de investigação e desenvolvimento no seu curriculum, o MBTI é um dos instrumentos mais utilizados na compreensão da personalidade e das diferenças interpessoais em contexto multi-cultural. 

O valor heurístico da teoria subjacente e a sua inteligibilidade2, tornaram-no rapidamente, numa importante ferramenta ao serviço das Organizações, onde tem sido usado com os seguintes propósitos:

  • Auto-conhecimento e desenvolvimento pessoal;
  • Desenvolvimento de competências de liderança e gestão de equipas;
  • Aconselhamento e evolução de carreira;
  • Desenvolvimento organizacional;
  • Team building;
  • Treino sobre diversidade multi-cultural.

A teoria dos tipos psicológicos possui uma elevada robustez conceptual, fornecendo um modelo longitudinal de desenvolvimento humano (profissional e pessoal). À luz desta teoria, as necessidades da 1ª metade da vida e da carreira são diferentes das da 2ª metade, surgindo muitas vezes, nesta última, problemas de adaptabilidade decorrentes da cristalização de zonas de conforto pouco reactivas à incerteza e à mudança, duas constantes incontornáveis da actualidade. 

O MBTI fornece um racional que permite trabalhar estas resistências e bloqueios face à mudança, de um modo inteligível e construtivo, fomentando o interesse dos indivíduos pela descoberta das funções menos desenvolvidas nos respectivos tipos psicológicos.

Anualmente, o MBTI é aplicado a mais de 3,5 milhões de indivíduos, no mundo inteiro, estando traduzido em mais de 30 línguas.


A Dave Morgan está certificada pela OPP3 como utilizador do MBTI em contexto individual (avaliação e coaching) e colectivo (formação / treino de equipas).

______________________________________________________________________________
1 Conforme estipulado internacionalmente, manteremos as designações em inglês.
2 junto de especialistas como de não-especialistas em ciências humanas.
a empresa representante do MBTI para toda a Europa.